Nosso Endereço

Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará

Trav.: Pirajá, nº 2008 - CEP.: 66095-632-Bairro: Marco

Entre: Almirante Barroso e João Paulo II

 

Horário: 8h às 12h das 14h às 18h - Segunda a sexta


Contatos: (91) 2121-0597 2121-0604

E-mail: hti.sindpol.pa@gmail.com

© 2016 Sindpol - Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado do Pará.

                           

NOTA DE ESCLARECIMENTO À POPULAÇÃO PARAENSE

20/08/2019

 

 

A Diretoria do sindicato dos servidores públicos da Polícia Civil do estado do Pará vem através da presente nota esclarecer à população paraense que, os mais de 80% dos servidores públicos da Polícia Civil do Estado do Pará, representados pelo SINDPOL-PA, estão sofrendo um grave ataque aos seus direitos referentes às leis 022/94 e 095/14.

Direito já reconhecido pelo tribunal de justiça, SEAD e procuradoria geral do Estado do Pará.

No entanto, o Governador do Estado até hoje 20 de agosto de 2019, não determinou o cumprimento de nenhum desses direitos, trazendo total descontentamento,  desconforto e insegurança jurídica para os mais de 80% dos servidores que trabalham na área meio e fim da PCPA representados pelo SINDPOL-PA. 

Lembrando que o direito a lei 095/14  o próprio governador afirmou que seria pago no contracheque de julho deste ano. 

Os diretores do SINDPOL-PA estão exaurindo todas as formas pacíficas e democráticas possíveis para garantir esses direitos.

Não queremos ter um novo enfrentamento com o  governo de forma primitiva e antidemocrática para garantir nossos direitos, onde a população paraense, na sua maioria será a mais  prejudicada, como foi em 2013 nos 23 de greve da Polícia Civil do estado do Pará.

Os números apresentados pelo governo sobre a segurança pública demonstram claramente  o empenho e dedicação destes abnegados profissionais da PCPA, mesmo o estado do Pará tendo a pior defasagem de servidores Policiais civis da nação brasileira, onde temos menos de 2000 policiais civis trabalhando para uma população de mais de 8.500.000 e 144 municípios. Ou seja, estes servidores estão trabalhando no mais alto nível de estresse e/ou sacrifício, carga horária desumana e excessiva. Muitas vezes esses profissionais  sacrificam  sua própria vida para cumprir seu compromisso com a população paraense, trabalhando em muitas unidades do interior  com apenas um servidor por plantão em escalas que variam entre 7 a 15 dias de trabalhos ininterruptos.

Na capital a maioria das unidades policiais com apenas 2 servidores por plantão e, por isso, população paraense, vocês encontram as unidades policiais fechadas a partir das 18h e finais de semana. Unidades que não garantem   condições mínimas de atendimento a população . Mesmo nestas condições mínimas de trabalho, esses profissionais conseguiram mudar os números negativos da segurança, garantindo assim,  mais segurança pública para a população paraense.

No entanto,  o governador não está respeitando e valorizando estes verdadeiros heróis que compõem a segurança pública do Pará juntamente com os heróis  da Polícia Militar, Detran, guardas municipais, agentes prisionais e socioeducativos.

Esperamos que o governador reconheça o  trabalho que esta categoria de trabalhadores da Polícia Civil  está  desenvolvendo para engrandecimento do governo e fortalecimento da segurança pública do Pará. 

A diretoria  

Please reload

Notícias em Destaque

Certidão da comissão eleitoral para diretoria executiva e conselho fiscal do Sindpol/PA para o pleito 2018 e triênio 2019/2021.

23.8.2018

1/10
Please reload

Notícias Recentes 
Please reload