Nosso Endereço

Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará

Trav.: Pirajá, nº 2008 - CEP.: 66095-632-Bairro: Marco

Entre: Almirante Barroso e João Paulo II

 

Horário: 8h às 12h das 14h às 18h - Segunda a sexta


Contatos: (91) 2121-0597 2121-0604

E-mail: hti.sindpol.pa@gmail.com

© 2016 Sindpol - Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado do Pará.

                           

URGENTE!      Governo do Estado não cumpre acordo firmado em Assembleia Geral

23/07/2019

 

 

A classe trabalhadora sofre diariamente ataques aos seus direitos, desta vez, o governo do Pará, não reconhece direitos dos servidores públicos da Polícia Civil  no momento de regulamentar isonomicamente a lei 095/94 com a lei 094/95, um direito que foi conquistado através de muita luta e sacrifícios, inclusive com muita perseguição e demissões de policiais civis  que participaram ativamente da greve de 23 dias.

O descumprimento do acordo sinaliza para a categoria que está abrangida pela lei 095/94, o fim de não permitir o diálogo e, ainda por cima, cessando quaisquer iniciativas coletivas da categoria que busquem o diálogo como temos buscado até hoje.

Quem sofrerá as consequências será a população, além dos próprios servidores públicos, pois, o diálogo entre os gestores e o sindicato permite a melhoria dos serviços públicos oferecidos à população.

A melhoria dos serviços é direito da população e essas melhorias  dependerão apenas da vontade dos gestores em reconhecer e valorizar aqueles que se dedicam diuturnamente em bem servir a população, inclusive muitas vezes, com o sacrifício da  própria vida.

O mundo sem regras prejudica sempre o lado mais frágil, neste caso, os trabalhadores  públicos da polícia Civil do estado do Pará e a população paraense que depende do empenho destes servidores para ter qualidade nos serviços de investigação criminal de combate à criminalidade, desta maneira, o direito à negociação sem discriminação e cumprimento dos acordos deveria ser o norte deste governo.

Ou seja,  se não tivermos tratamento isonômico com os servidores da PCPA   abrangidos pela lei 094/14, além de sepultar a possibilidade de negociação, dará margem ao retrocesso e conflito na base igual ao que está acontecendo na cúpula da segurança pública do Pará.

Não há democracia, sem sindicato, sem diálogo, sem transparência e principalmente sem cumprimento de acordos e leis.

Não há Estado democrático de direto sem serviço público de qualidade.

Deus e  vocês são testemunhas o quanto tentamos o diálogo.

Servidores públicos da polícia Civil do estado do Pará vamos começar uma nova batalha  em defesa da democracia e dos direitos dos servidores públicos da polícia Civil.

A nossa história de lutas e conquistas comprovam que jamais abandonaremos ou venderemos nossos sindicalizados (as).

Não somos inocentes e muito menos meninos para nos deixarmos ser  "enrolados ou enganados " apenas queríamos evitar que tão cedo tivéssemos uma nova batalha, e só por isso tentamos o diálogo.

Assim que tivermos um local para fazermos uma assembleia geral faremos a convocação.

A diretoria!

 

 

 

Please reload

Notícias em Destaque

Certidão da comissão eleitoral para diretoria executiva e conselho fiscal do Sindpol/PA para o pleito 2018 e triênio 2019/2021.

23.8.2018

1/10
Please reload

Notícias Recentes 
Please reload