Nosso Endereço

Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará

Trav.: Pirajá, nº 2008 - CEP.: 66095-632-Bairro: Marco

Entre: Almirante Barroso e João Paulo II

 

Horário: 8h às 12h das 14h às 18h - Segunda a sexta


Contatos: (91) 2121-0597 2121-0604

E-mail: hti.sindpol.pa@gmail.com

© 2016 Sindpol - Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado do Pará.

                           

Nota de repúdio da diretoria do SINDPOL-PA.

12/07/2018

 A Diretoria do SINDPOL-PA vem a público a princípio repudiar para posteriormente tomar outras providências legais cabíveis a respeito das palavras LEVIANAS e MENTIROSAS propagadas pelo Sargento/PM SILVANO, vereador da cidade de Belém-PA com relação à prisão de três Policiais Militares do Estado do Pará, por Policiais Civis, (Sargentos Valdenilson Rodrigues da Silva, Giomar Sampaio de Oliveira e Cabo Moisés Lourenço Pereira), lotados no município de Nova Ipixuna-PA, em decorrência dos mesmos estarem sendo acusados de participarem do roubo ao Banco do Estado do Pará (BANPARÁ) localizado no município de Bom Jesus do Tocantins-PA, no corrente ano.

 

Ocorre que o referido vereador, só está “ouvindo o galo cantar, mas não sabe onde está o galo”, pois na verdade o nosso Diretor sindical da Regional do Sudeste do Pará IPC Peixoto estava na apresentação dos citados Policiais Militares na sede do comando da Policia Militar do sudeste do Pará, que fica localizado no mesmo o prédio da Superintendência Regional da Polícia Civil do Sudeste do Pará no município de Marabá-PA.

 

Portanto, os mesmos foram apresentados ao Coronel/PM PAULO SERGIO, comandante da Polícia Militar da Região Sudeste, bem como a Dra. SIMONE FELINTO, Delegada Regional da Policia Civil, e dessa forma, foi confirmado pelos Policiais Civis em questão, os quais acompanharam os Policiais Militares acusados de roubo, desde o momento que os mesmos foram presos no município de Nova Ipixuna-PA, até a Superintendência da Policia Civil localizada no município de Marabá-PA,  que  não houve CONSTRANGIMENTO,  TORTURA FISICA ou PSICOLOGICA ou qualquer outra infração penal, por parte dos Policiais Civis, por ocasião da prisão dos referidos Policiai Militares.

 

Assim sendo, o Sargento/PM e vereador do município de Belém Sr. SILVANO, está redondamente enganado, e incorrendo em crime de CALUNIA entre outros, contra os Policiais Civis que participaram da referida operação policial, bem como, está sujeito além de ações penais, às ações cíveis indenizatórias, as quais serão providenciadas nos próximos dias pelo setor jurídico dessa entidade de classe (SINDPOL-PA).

 

Belém-PA, 12 de julho de 2018.

 

A diretoria do SINDPOL-PA.

Please reload

Notícias em Destaque

Certidão da comissão eleitoral para diretoria executiva e conselho fiscal do Sindpol/PA para o pleito 2018 e triênio 2019/2021.

23.8.2018

1/10
Please reload

Notícias Recentes 
Please reload